Replicação com Firebird + Delphi

Este artigo foi revisão – acesse o link aqui

Sim…. replicação para firebird… não tem ? tem sim… só trabalhar um pouco – nem tudo é como visão de brigadeiro..

A replicação consistem manter DUAS ou mais tabelas com conteúdo iguais – de tal forma que se obtém o mesmo resultado em qualquer uma das duas bases de dados.

Existe dois lados na replicação – um que tem os dados que precisam ser levados para o outro (publisher-aquele que publica) – o outro que recebe os dados publicados pelo servidor (subscriptor-aquele que se candidata a receber os dados). Por último a combinação de ambos em um só – ele é tanto publisher como subscriptor da mesma tabela;


Fase do desenvolvimento

  1. Preparar o Publisher para publicar dados para replicação (banco de origem);
  2. Preparar o Subscriptor para receber os dados publicados (banco de destino);
  3. Codificar os componente que monitoram as alterações do Publisher;
  4. Codificar a transferências dos dados da origem para o destino;

 

A título ilustrativo, vou adotar a tabela de PEDIDOs como base

Considere a seguinte tabela:

[code lang=”SQL”]

create table  PEDIDOS  (dcto varchar(10),
data Date,
cliente integer,
total numeric(15,4));

[/code]


Preparando o banco de origem em firebird

Como base para a replicação, vou criar uma coluna nova na tabela de pedidos na origem para indicar a chave de referência para a replicação – para fugir dos tipos auto-incrementos (já escrevi como fazer isto aqui no blog) vou usar uma coluna para identificar a chave de replicação que receberá uma representação texto para um GUID

alter table PEDIDOS add GID varchar(38);

[OFF] antes que alguém questione… não dá para usar auto-incremento em razão de atender a pré-condição de que o dado dever ser o mesmo nos dois banco de dados (traduzindo – não podem ser diferentes)

A coluna GID  vai receber um valor por “trigger”  toda vez que for incluída na tabela

[code lang=”SQL”]
SET TERM ^ ;
ALTER TRIGGER REPL_PEDIDOS_GID ACTIVE
BEFORE INSERT OR UPDATE POSITION 0
AS
begin
/* Trigger Utilizado para Replicacao */
if ((new.gid is null)) then
new.gid = UUID_TO_CHAR( gen_uuid() );
end^
SET TERM ; ^
[/code]

[OFF] como se nota inclui na trigger o UPDATE – fiz isto para pegar linhas antigas que ainda não foram replicadas em nenhum processo anterior – caso ocorre uma replicação parcial;

Até aqui já temos a marcação de chave na tabela de origem para localizar as linhas que serão publicadas para replicação. Agora vamos criar uma tabela de controle de publicação das replicações

[code lang=”SQL”]
CREATE TABLE REPL_ITENS
(
TABELA Varchar(128), // recebe o nome da tabela alvo
GID Varchar(38), // recebe o GID da tabela alvo
TIPO Char(1), // I-insert U-update D-delete
DATA Date, // data e hora da alteração
ID integer, // sequencial interna
SESSION_ID integer // sessão da transação que criou – um luxo
);
CREATE INDEX REPL_ITENSDATA ON REPL_ITENS (DATA);
CREATE INDEX REPL_ITENSGID ON REPL_ITENS (GID);
CREATE INDEX REPL_ITENSID ON REPL_ITENS (ID);
CREATE INDEX REPL_ITENSTABELA ON REPL_ITENS (TABELA);
GRANT DELETE, INSERT, REFERENCES, SELECT, UPDATE
ON REPL_ITENS TO SYSDBA WITH GRANT OPTION;
[/code]

Vamos precisar de um GENERATOR para popular a coluna ID da tabela e uma trigger para popular com o valor do GENERATOR. ver também

[code lang=”SQL”]
CREATE GENERATOR REPL_ITENS_GEN_ID;
SET TERM ^ ;
CREATE TRIGGER REPL_ITENS_ID FOR REPL_ITENS ACTIVE
BEFORE INSERT POSITION 0
AS
begin /* Replicacao Storeware */
new.id = gen_id(REPL_ITENS_GEN_ID,1);
new.session_id = rdb$get_context(‘SYSTEM’,’SESSION_ID’);
new.data = cast(‘now’ as date);
end^
SET TERM ; ^
[/code]

[OFF] para este caso não usei o GUID – vamos precisar garantir uma sequência na tabela que seja em ordem crescente – isto vai facilitar a codificação a frente.

 

Para fechar, vamos ensinar a tabela PEDIDOS como publicar as suas alterações:

[code lang=”SQL”]
SET TERM ^ ;
CREATE TRIGGER REPL_PEDIDOS_REG FOR PEDIDOS ACTIVE
AFTER INSERT OR UPDATE OR DELETE POSITION 0
AS
begin
/* Replicacao Storeware */
in autonomous transaction do
begin
if (inserting) then
insert into repl_itens ( tabela,gid,tipo)
values(‘PEDIDOS’,new.gid,’I’);
if (updating) then
insert into repl_itens ( tabela,gid,tipo)
values(‘PEDIDOS’,new.gid,’U’);
if (deleting) then
insert into repl_itens ( tabela,gid,tipo)
values(‘PEDIDOS’,old.gid,’D’);
end
end
^
SET TERM ;
[/code]

Parte 2


27 comentários

  1. I tend not to leave a response, but after looking at some of the remarks here %BLOG_TITLE%. I actually do have some questions for you if it’s allright. Is it just me or do a few of these comments appear as if they are coming from brain dead visitors? 😛 And, if you are posting on additional sites, I would like to follow|keep up with} anything fresh you have to post. Could you post a list of the complete urls of your social networking pages like your twitter feed, Facebook page or linkedin profile?
    oakley frogskin nicky hayden twitter http://www.ristorantedalia.it/img/index.php?oakley-frogskin-nicky-hayden-twitter-49002895

  2. Does your blog have a contact page? I’m having a tough time locating it but, I’d like to send you an email. I’ve got some ideas for your blog you might be interested in hearing. Either way, great site and I look forward to seeing it develop over time.

  3. Hello there, just became alert to your blog through Google, and found that
    it is really informative. I’m going to watch out for brussels.

    I will appreciate if you continue this in future.
    Lots of people will be benefited from your writing.
    Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *